Sérgio Avena & Advogados Associados

Rua Morvan de Figueiredo, 65
6º andar - Guarulhos - SP
TEL 55 11 2440-2729

Notícias

Disney e Pixar ganham causa contra plágio de empresas chinesas

Disney e Pixar ganham causa contra plágio de empresas chinesas

Abril, 07 de 2017

O Tribunal de Xangai ordenou que duas empresas chinesas pagassem 200 mil dólares à Walt Disney e à Pixar por copiar parte dos filmes “Carros” e “Carros 2”. Essa é a vitória mais recente de empresas estrangeiras quanto aos direitos autorais na China.

No processo, a Disney e a Pixar estão acionando as empresas chinesas, pois os personagens, as falas e pôsteres da animação local “The Autobots” são similares aos encontrados em “Carros” e “Carros 2”.

Diante disso, o tribunal concordou que K1 e K2 de “Autobots” eram parecidos com as personagens Relâmpagos McQueen e Francesco Bernoulli da Disney e Pixar.

Com as pretensões atendidas pela justiça local, foram condenadas a produtora do filme, a Bluemtv, e a distribuidora, G-Point, que tiveram que pagar o total de 1.35 milhões de yuan (cerca de 186 mil euros).

Deste modo, o tribunal informou que os plágios deveriam ser cessados. A Disney e a Pixar devem receber 1 milhão de yuan contra as perdas econômicas, além de 350 mil de yuan nas despesas legais.

Os produtores do filme negaram as acusações, com o CEO da Bluemtv, Zhuo Jianrong, que garantiu que conhece a saga ‘Carros’, mas que nunca assistiu a qualquer um desses filmes.

Além disso, uma outra curiosidade é que a própria designação ‘Autobots’ não é original, na medida em que o termo foi criado pela saga ‘Transformers’ ainda no formato de desenho animado na década de 1980.

Xinhua afirmou que a indenização total será maior do que 1,35 milhão de yuan, mas não listou quais outros pagamentos foram feitos.

Não é a primeira vez que empresas estrangeiras processam chineses por direitos autorais. Até hoje, existem diversas ações que reclamam sobre as infrações disseminadas que não são de propriedade intelectual no país. Deste modo, é preciso lembrar que, recentemente, a montadora BMW e o ex-jogador de basquete Michael Jordan também venceram processos relativos à propriedade intelectual na China.



Postado por: Sérgio Avena & Advogados Associados

Compartilhe

Pesquise

Categorias

Geral (4)

Direito Empresarial (6)

Direito Trabalhista (1)

Direito Tributário (0)